Tecnologia da Informação em Medicina Laboratorial – Posicionamento da SBPC/ML 2014 –  Interoperabilidade de sistemas

‘A adoção do padrão HL7, especialmente no mercado americano, que contempla mais de 2300 membros e 500 corporações filiadas, é uma realidade quanto ao uso do padrão na integração de sistemas de saúde. No Brasil, a Portaria Nº 2.073, de 31 de agosto de 2011, do Ministério da saúde, entre outros, define:

“Para estabelecer a interoperabilidade entre sistemas, com vistas à integração dos resultados e solicitações de exames, será utilizado o padrão HL7 – Health Level 7.  Para a definição da arquitetura do documento clínico será utilizado o padrão HL7 CDA.“

Diante destas definições, na esfera governamental, a adoção do referido padrão para a integração de sistemas da saúde, deverá garantir o seu crescente uso e a conquista de novos desenvolvedores, empresas de TI e fornecedores de equipamentos de saúde do cenário nacional.’

 

Leia na integra: clique aqui